Logo Mellho
Logo Mellho

Não sinto o que uma mulher sente para me colocar inteiramente no lugar dela. Convivi com algumas muito fortes, como minha mãe, Cleide Guizé, e minha avó Maria Alves. Mas, ao mesmo tempo, nunca senti dor do parto, e não posso mensurar o sofrimento que deve ser. Vejo como é doido você ser classificado por gênero, e minha família é bem matriarcal nesse sentido. E apoio a igualdade, em todos os sentidos e direitos. Somos muito atrasados nesse quesito.

Sérgio Guizé: 'Não posso mensurar o sofrimento que deve ser lidar com machismo'

Este site utiliza cookies que são compartilhados com nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Ao continuar navegando você concorda com nossas políticas. Ver detalhes