Logo Mellho
Logo Mellho

É bizarro! Se você não tira alguma coisa disso, você é quase um analfabeto da vida. (...) Foi uma coisa muito ruim que se transformou em uma coisa muito boa. Ainda não consigo explicar direito, mas me trouxe para um lugar de onde eu estava me distanciando, me trouxe para dentro. A gente tem medo da hora da morte, pensa como é que vai ser a nossa e essas coisas, mas, hoje, acho que, quando você vai morrer, de alguma forma vem essa paz, e está tudo bem. Agora, a Ave Maria, coitada, está surda, porque eu gritei para ela de um jeito maluco. Sempre fui uma pessoa com medo das coisas, mas, depois do acidente, fiquei um pouco mais sensível. Dizem que, depois de um episódio muito traumático, você demora um tempo e aí vêm alguns sintomas psicológicos. Falei com o médico e ele disse: 'Vamos tomar um remédio, vamos não sei o quê...'. Não sou muito fã desse negócio de remédio, nunca tomei, então falei: 'Não quero'.

Citado por Angélica (apresentadora), em (12/out/2017)

Este site utiliza cookies que são compartilhados com nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Ao continuar navegando você concorda com nossas políticas. Ver detalhes