Logo Mellho
Logo Mellho
ALERTA DE SPOILER!

Odeio quando falas comigo, e o teu corte de cabelo. Odeio a forma como conduzes o meu carro. Odeio quando olhas especado. Odeio as tuas botas de combate grandes e estúpidas, e como lês a minha mente. Odeio-te tanto que me deixa doente; até me faz rimar. Odeio, odeio como tens sempre razão. Odeio quando mentes. Odeio quando me fazes rir, ainda mais quando me fazes chorar. Odeio quando não estás comigo, e o facto de não teres telefonado. Mas acima de tudo, odeio não te odiar. Nem de perto, nem um pouco, nem de todo.


Este site utiliza cookies que são compartilhados com nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Ao continuar navegando você concorda com nossas políticas. Ver detalhes